Presidente do Parlamento Nacional reuniu com os Presidentes das Comissões, GMPTL, GOPAC e CCFP

O Presidente do Parlamento Nacional, Aniceto Longuinhos Guterres Lopes, acompanhado pelos vice-Presidentes, Júlio Sarmento da Costa «Meta Malik» e António Verdial de Sousa, pela Secretária da Mesa, Lídia Norberta dos Santos Martins e pela vice-Secretária, Elvina Sousa Carvalho, reuniu com os Presidentes das Comissões Especializadas Permanentes, GMPTL, GOPAC e CCFP, no dia 28 de setembro de 2017, na Sala de Conferências do Parlamento Nacional.
Esta reunião teve como objetivo reforçar a coordenação entre a Mesa do Parlamento Nacional e as Comissões, o GMPTL, a GOPAC e o CCFP, para melhoria da qualidade do serviço, especialmente para as Comissões Especializadas, que preparam e discutem legislação e realizam fiscalização.
O Presidente do Parlamento pediu a cada Comissão para que prepare o plano e programa para 2018, antes de o Orçamento Geral do Estado ser submetido ao Parlamento Nacional para  discussão. Pediu também que, com o balanço de orçamento que têm, as Comissões implementem as atividades até dezembro de 2017.

O Presidente do Parlamento Nacional, Aniceto Longuinhos Guterres Lopes, acompanhado pelos vice-Presidentes, Júlio Sarmento da Costa «Meta Malik» e António Verdial de Sousa, pela Secretária da Mesa, Lídia Norberta dos Santos Martins e pela vice-Secretária, Elvina Sousa Carvalho, reuniu com os Presidentes das Comissões Especializadas Permanentes, GMPTL, GOPAC e CCFP, no dia 28 de setembro de 2017, na Sala de Conferências do Parlamento Nacional.
Esta reunião teve como objetivo reforçar a coordenação entre a Mesa do Parlamento Nacional e as Comissões, o GMPTL, a GOPAC e o CCFP, para melhoria da qualidade do serviço, especialmente para as Comissões Especializadas, que preparam e discutem legislação e realizam fiscalização.
O Presidente do Parlamento pediu a cada Comissão para que prepare o plano e programa para 2018, antes de o Orçamento Geral do Estado ser submetido ao Parlamento Nacional para  discussão. Pediu também que, com o balanço de orçamento que têm, as Comissões implementem as atividades até dezembro de 2017.

Entretanto, os Deputados sugeriram a criação de espaços suficientes e adequados, para que as Comissões e também a Administração Parlamentar possam realizar o seu trabalho com eficiência.


1 2