Parlamento Nacional aprova voto de pesar pelo falecimento do Bispo D. Manuel Martins

O Parlamento Nacional, em Sessão Plenária Ordinária, no dia 2 de outubro de 2017, no período de Antes da Ordem do Dia, aprovou um voto de pesar pela morte do Bispo Dom Manuel Martins, que faleceu no dia 24 de setembro de 2017, em Portugal.
O Bispo Dom Manuel Martins foi uma figura que, apesar de ter vivido e cumprido a sua missão em Portugal, contribuiu muito para luta de libertação nacional, por isso, o Estado timorense tem a obrigação de lhe prestar homenagem. Este voto de pesar foi aprovado com 63 votos a favor, 0 contra e 0 abstenções.
Nesta Sessão Plenária também foi lida a mensagem do Presidente da República, sobre o veto político ao Decreto do Parlamento Nacional n.o 48/III – Lei Eleitoral Municipal.
Outro assunto que esteve em discussão foi a resolução n.o 1/IV(1ª) – aquisição e alienação de viaturas do Parlamento Nacional. Depois de uma discussão alargada, o Plenário decidiu devolver este projeto de resolução à Mesa, para que esta decida de acordo com as regras e legislação em vigor, bem como com a deliberação Conselho de Administração.
Entretanto, nas intervenções diversas, os Deputados questionaram o processo de desenvolvimento de infraestruturas e as condições económicas do país e do povo, neste momento.
Ainda nesta Sessão Plenária, que foi realizada em português, os Deputados manifestaram a sua preocupação com a atuação dos membros da Polícia Nacional de Timor-Leste, que, em acontecimentos em Manatuto, Díli e Oe-Cusse, terão atuado com falta de profissionalismo.
Também nas intervenções diversas, os deputados sugeriram ao VII Governo Constitucional que procure uma aproximação ao Governo da Indonésia, no sentido de ser possível identificar os restos mortais dos heróis nacionais que morreram durante tempo de resistência.
Esta Sessão Plenária foi presidida pelo Presidente do Parlamento Nacional, Aniceto Longuinhos Guterres, acompanhado por todos os membros da Mesa.

.


1 2